Desnutrição pós-alta hospitalar, o que é e como evitar?

A desnutrição é definida por um desbalanço entre o fornecimento e a necessidade de nutrientes e de energia, neste quadro, o corpo precisa de uma maior quantidade desses compostos do que vem sendo oferecido [1]. No momento da alta hospitalar é importante redobrar a atenção em relação aos nutrientes ingeridos. Isso porque para o corpo conseguir se recuperar da melhor forma possível, uma boa nutrição é essencial.

No quadro de desnutrição há maiores chances de desenvolvimento de [2]:

  • Infecções;
  • Complicações associadas;
  • Menor efetividade na cicatrização;
  • Maior chance de uma nova hospitalização.

Conseguir dar ao corpo todos os nutrientes que ele precisa para evitar a desnutrição, e se recuperar da melhor forma é totalmente possível! Mas como?

  • Siga as orientações do nutricionista do hospital;
  • Utilize dietas enterais com alta quantidade de energia (hipercalórica) e alta quantidade de proteínas (hiperprotéica) [3];
  • Prefira dietas enterais com alto teor de vitaminas e minerais [4];
  • Dê preferências a dietas enterais que contenham fibras alimentares [4].

Existem diversas opções de dietas que fornecem os nutrientes citados acima. Na alta pós-alta hospitalar, o organismo precisa de mais energia e nutrientes do que normalmente [4], por isso, ajude o seu corpo a se recuperar alimentando-se bem!

Referências:
[1] World Health Organization. Malnutrition—The Global Picture, 2000
[2] Alberda, Cathy, Andrea Graf, and Linda McCargar. "Malnutrition: etiology, consequences, and assessment of a patient at risk." Best practice & research clinical gastroenterology 20.3 (2006): 419-439.
[3] Volkert, Dorothee, et al. "ESPEN guidelines on enteral nutrition: geriatrics." Clinical nutrition 25.2 (2006): 330-360.
[4] Hegazi, Refaat A., and Paul E. Wischmeyer. "Clinical review: optimizing enteral nutrition for critically ill patients-a simple data-driven formula." Critical Care 15.6 (2011): 234.

Receba a nossa newsletter

Por favor confirme:
Que você é um profissional de saúde e está seguindo
a orientação apropriada em seu país.

O conteúdo desta área é destinado apenas para profissionais de saúde.
Sim, eu sou um
profissional de saúde
Não, não sou um profissional
de saúde (sair desta área)